Jean-Marie Le Pen nega ter empresa offshore no Panamá

PARIS, 05 ABR (ANSA) - O ex-presidente e fundador do partido Frente Nacional, Jean-Marie Le Pen, negou ter participação no escândalo "Panama Papers".   

Em entrevista ao jornal "Le Parisien", o político afirmou que "não tem nada a ver" com o caso e que viu com "serenidade" as revelações de que ele e sua filha, Marine, estariam envolvidos no caso.   

Ao ser questionado sobre o porquê do nome de seu ex-mordono Gerald Gerin aparecer na documentação, Le Pen se esquivou e disse que "o dinheiro não é meu". "Gerald Gerin é Gerald Gerin, eu sou eu. E quem disser o contrário, irá para o tribunal por difamação", destacou.   

Segundo o jornal "Le Monde", a família Le Pen usava amigos e ex-membros do partido para abrir as empresas offshore que escondiam seu patrimônio, o chamado "tesouro de Le Pen". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos