'Número 2' da Disney, Thomas Staggs, renuncia ao cargo

NOVA YORK, 05 ABR (ANSA) - O diretor de operações da Disney, Thomas Staggs, anunciou que deixará seu posto na empresa no mês de abril. O norte-americano era tido como o sucessor do atual presidente, Robert Iger, a partir de junho de 2018.   

Segundo rumores, a saída do diretor foi provocada por uma recente decisão do conselho diretor da gigante do entretenimento de buscar por mais candidatos para o cargo de chefe da empresa.   

A ideia teria sido ventilada pelo relacionamento de Staggs com os demais diretores não ser muito bom e por muitos representantes não o enxergarem como melhor opção. As fontes ainda contam que, por causa dessa divisão, o nome do "número 2" já havia perdido força e que ele não seria o CEO da Disney após a saída de Iger.   

Em nota, a marca afirmou que "amplia a busca no processo de sucessão para identificar e avaliar uma série de candidatos".   

Tanto Iger como seu antecessor, Michael Eisner, foram "criados" dentro da Disney, tendo passado por diversos setores antes da presidência.   

Entre os prováveis candidatos ao posto, estão Sheryl Sandberg (chefe de operações do Facebook), Chase Carey (vice-presidente executivo do 21st Century Fox) e Leslie Moonves (CEO da CBS).   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos