Papa planeja visita a Lesbos, rota de imigrantes para Europa

ROMA, 5 ABR (ANSA) - O papa Francisco pode visitar em breve a ilha grega de Lesbos, um dos principais destinos de imigrantes e refugiados que querem entrar na Europa.   

A visita deve acontecer em 14 de abril junto a líderes religiosos da Igreja Ortodoxa, entre eles Bartolomeu I, o atual Patriarca de Constantinopla, e Jerônimo II, o Arcebispo de Atenas. O objetivo de Jorge Mario Bergoglio é levar uma mensagem de apoio aos imigrantes, afirmou a imprensa local. Consultado pela ANSA, o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, disse que o tema está sendo debatido e que "existem contatos em curso".   

"Não desminto os rumores, mas, no momento, não posso falar outra coisa, pois as decisões não foram feitas, nem as datas definidas", acrescentou.   

Desde que assumiu a liderança da Igreja Católica, em março de 2013, o papa Francisco faz apelos de ajuda aos imigrantes. Um de seus primeiros compromissos como Pontífice foi visitar a ilha italiana de Lampedusa, no Mar Mediterrâneo, onde diariamente dezenas de embarcações com imigrantes tentam chegar ao continente europeu. Desde o ano passado, a Europa enfrenta o maior fluxo de deslocamento forçado de pessoas desde o fim da II Guerra Mundial (1939-1945). Na segunda-feira, dia 4, foi colocado em prática um controverso projeto da União Europeia (UE) que deportou mais de 200 imigrantes das ilhas gregas para a Turquia. Em troca, o bloco recebe imigrantes situados em território turco. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos