Premier da Islândia pede renúncia após escândalo de offshore

REJKYAVIK, 05 ABR (ANSA) - O primeiro-ministro da Islândia, Sigmundur Gunnlagsson, anunciou sua renúncia ao cargo após ser envolvido no escândalo "Panama Papers". Ao lado de sua esposa, o político é acusado do de ter aberto uma empresa offshore no país para sonegar impostos e ocultar seu patrimônio. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos