Em exortação, Papa pede que igreja acolha divorciados

CIDADE DO VATICANO, 8 ABR (ANSA) - Em sua nova exortação apostólica "Amoris Laetitia" ("A Alegria do Amor", em tradução do latim), o papa Francisco defendeu o acolhimento dos divorciados pela Igreja Católica e falou sobre a possibilidade de os católicos que se casaram novamente participarem dos sacramentos.   

"É importante deixar as pessoas divorciadas que vivem uma nova união saberem que são parte da Igreja, que não estão excomungados", disse, acrescentando que "ninguém pode ser condenado para sempre, pois esta não é a lógica do Evangelho".   

Segundo Jorge Mario Bergoglio, essas pessoas devem "estar mais integradas às comunidades cristãs" e para isso é preciso analisar "quais formas de exclusão devem ser ultrapassadas".   

De acordo com o Papa argentino, é preciso ver os casos de forma individual, tendo em mente que "o grau de responsabilidade [pelo fim de um casamento] não é o mesmo em todos os casos".   

O líder religioso ainda acrescentou que "os efeitos de uma regra não podem sempre ser os mesmos".   

O Papa, no entanto, disse que aqueles que se divorciaram devem fazer um exame de consciência sobre como agiram com os filhos quando o casamento entrou em crise, se é possível tentar uma reconciliação, quais consequências um novo casamento pode ter na família, etc. Apesar da postura de muitos membros do clero de não admitir quem está em um segundo casamento na comunhão, o Papa já destacou por diversas vezes que os divórcios "às vezes, são necessários". Desde que assumiu o Pontificado, o sucessor de Bento XVI pede para que os católicos não julguem as pessoas que vivem essa situação. Sua postura, no entanto, gera muitas críticas dentro da própria instituição. A exortação "Amoris laetitia" é resultado da série de debates do Sínodo Ordinário da Família, ocorrido em outubro. O texto, com cerca de 200 páginas, oferece as linhas da doutrina católica que devem ser seguidas por dioceses do mundo inteiro. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos