Itália abrirá ruínas nos Alpes ao público

ROMA, 12 ABR (ANSA) - Pela primeira vez, as ruínas encontradas nos Alpes italianos da cidade de Aosta, norte do país, poderão ser visitadas pelo público.   

A construção, que tem por volta de 4 mil anos, é uma peça importante para desvendar os segredos da humanidade e dos costumes das antigas civilizações pré-históricas.   

Descoberto há quase 50 anos, o sítio arqueológico dos Alpes nasceu como um santuário, na Idade do Cobre (cerca de 2 mil anos a.C.). No local, foram encontradas estátuas que se assemelham a objetos de culto religioso, reforçando o caráter místico do lugar.   

Junto com o sítio arqueológico, será inaugurado um museu com espaço para exposições temporárias, um centro de pesquisas sobre a pré-história, além de lojas e restaurantes. O complexo deve ser aberto em junho. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos