Obras do Corredor Vasariano serão transferidas para museu

FLORENÇA, 13 ABR (ANSA) - Cerca de 50 obras de grandes artistas que estão expostas no Corredor Vasariano em Florença serão transferidas para a Gallerie delle Uffizi, o maior museu renascentista do mundo, até 2017, informou o diretor do museu, Erick Schimidt, à ANSA.   


Segundo o responsável, quadros de Rembrandt, Rafael, Élisabeth-Louise Vigée-Le Brun, da família Gaddi e de Michelangelo Pistoletto ocuparão salas do andar nobre da galeria. Para substituí-las no corredor, devem ser expostos afrescos e esculturas romanas. Além disso, haverá uma "rotação" entre as 730 obras expostas no Vasariano e as 1,8 mil da coleção do museu durante os anos.   


A medida faz parte de um plano anunciado por Schmidt no mês de março, que prevê a abertura para o público em geral do Corredor Vasariano, o percurso de um quilômetro que liga o museu renascentista ao Palazzo Pitti, do outro lado do rio Arno, passando pela icônica Ponte Vecchio. Atualmente, a área projetada no século 16 é acessível apenas para operadores turísticos e companhias de viagem.   


O "plano de transferência" das obras deve durar cerca de um ano, dada a delicadeza do processo. Ainda de acordo com Schmidt, o corredor projetado por Giorgio Vasari não apresenta as condições ideias para obras de tal porte, por ter grandes variações de temperatura. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos