Após Brennero, Áustria fará barreira na fronteira húngara

BERLIM, 14 ABR (ANSA) - Após ter iniciado a construção de uma barreira em Brennero, na fronteira com a Itália, a Áustria prepara também a edificação de bloqueios em Moschendorf e Heiligenbrunn, na divisa com a Hungria.   

O objetivo, assim como no caso italiano, é aumentar o controle sobre o fluxo de solicitantes de refúgio proveniente do país vizinho, que abrirá um campo de acolhimento em Körmend, a poucos quilômetros da fronteira.   

O local terá capacidade de abrigar até 350 pessoas em suas tendas. Segundo o Ministério do Interior, os pedidos de refúgio de estrangeiros que tentarem entrar na Áustria serão avaliados caso a caso, e quem não tiver direito será barrado na divisa.   

Ainda não se sabe quando as novas barreiras estarão em funcionamento, mas Viena prevê sua inauguração em pouco tempo. O país é um dos principais destinos dos imigrantes da chamada "rota balcânica", que iniciava na Síria e passava por Turquia, Grécia, Macedônia, Sérvia, Croácia, Hungria e Eslovênia, até chegar à parte mais rica da União Europeia.   

Contudo, esse percurso foi encerrado com o fechamento da divisa entre Grécia e Macedônia. Os bloqueios construídos pelo governo austríaco são mais um golpe no Espaço Schengen, área de livre circulação dentro da Europa e do qual tanto Áustria quanto Itália e Hungria fazem parte.   

Com o agravamento da crise migratória no continente, diversos líderes já manifestaram sua preocupação quanto ao futuro do tratado. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos