Jóias roubadas de museu são recuperadas por polícia italiana

ROMA, 14 ABR (ANSA) - Policiais italianos conseguiram recuperar jóias roubadas do Museu Nacional Etrusco de Villa Giulia, em Roma, informaram autoridades locais nesta quinta-feira, dia 14.   


As jóias, que foram lapidadas no século XIX, usam materiais encontrados em escavações de sítios arqueológicos etruscos, gregos e romanos e fazem parte da Coleção Castellani. Elas foram roubadas na páscoa de 2013.   


O ministro da Cultura italiano, Dario Franceschini, celebrou a notícia, dizendo que hoje é "um grande dia" para o país.   


A Unidade da Proteção da Herança Cultural da polícia italiana conseguiu recuperar 23 das 27 peças roubadas, que valem cerca de 3 milhões de euros.   


A operação também investiga suspeitos pelo roubo e as pessoas que teriam idealizado o crime. Fontes judiciais disseram que o roubo foi comissionado por uma rica senhora russa e um antiquário italiano, que trabalharia como mediador das vendas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos