No Vaticano, Sanders se diz 'impressionado' com o Papa

CIDADE DO VATICANO, 15 ABR (ANSA) - O senador norte-americano e pré-candidato democrata Bernie Sanders disse, durante visita ao Vaticano, estar "impressionado" com o papa Francisco por sua "visão de uma econômica mundial que trabalhe por todas as pessoas".   

Grande fã do papa Francisco, Sanders, que é judeu, participa do "Centesimus annus", organizado pela Pontifícia Academia de Ciências Sociais da Santa Sé, um encontro sobre temas sociais, econômicos e ambientais. "O Papa desenvolveu verdadeiramente um papel histórico na tentativa de criar uma nova economia mundial e uma nova visão para o planeta", disse, acrescentando que a visão do líder religioso "sobre mudança climática é fundamental".   

Por esse motivo, explicou, aceitou perder um dia de campanha eleitoral, em um momento crucial, e aceitar o convite para participar da conferência no Vaticano.   

Ele seguiu para Roma logo após um acirrado debate com a rival Hillary Clinton, pouco antes das primárias em Nova York, uma etapa considerada decisiva na corrida pela nomeação no dia 19. O porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, negou nesta quinta-feira (14) que o papa Francisco terá um encontro privado com o pré-candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos. No encontro no Vaticano estão sendo debatidos uma série de temas caros ao Pontífice, como uma economia mundial mais justa e inclusiva, a igualdade de distribuição de renda e o empenho dos líderes para evitar as consequências das mudanças climáticas. Além de Sanders, são esperados para o evento os presidentes do Equador, Rafael Correa, e da Bolívia, Evo Morales. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos