Companheiro de Rossi, Lorenzo troca Yamaha por Ducati

BOLONHA E ROMA, 18 ABR (ANSA) - O espanhol Jorge Lorenzo trocará a Yamaha e pilotará pela italiana Ducati nas duas próximas temporadas, confirmaram os dois times nesta segunda-feira (18).   


Mais cedo, a marca japonesa emitiu uma nota na qual afirmavam que a parceria com o piloto "após oito temporadas fantásticas" se encerraria ao fim de 2016. Pouco tempo depois, a equipe de Bolonha confirmou que Lorenzo disputará as temporadas de 2017 e 2018 pelo time.   


Segundo a mídia da Espanha, a decisão do piloto foi provocada por uma grande oferta financeira: ele receberá cerca de 12 milhões de euros por temporada.   


No ano passado, Lorenzo se envolveu em uma polêmica com seu companheiro de equipe, o italiano Valentino Rossi, na acirrada disputa pelo título de 2015. Na penúltima etapa da temporada passada, o italiano tocou a moto do também espanhol Marc Márquez e o derrubou, levando uma punição que o fez largar da última posição na disputa final.   


Muita polêmica ocorreu naquela última prova, com acusações de que os rivais espanhóis "protegeram" Lorenzo para que Rossi não chegasse ao título. No início do ano, quando apresentaram a nova Yamaha para 2016, os dois mal se cumprimentaram e desconversaram sobre as polêmicas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos