França prorrogará 'estado de emergência' por Eurocopa 2016

PARIS, 20 ABR (ANSA) - O governo francês prorrogará até o fim de julho o "estado de emergência", decretado em novembro do ano passado por causa dos atentados terroristas em Paris, a fim de garantir uma maior proteção para a Eurocopa 2016 e para a Volta da França.   


"O estado de emergência não pode ser permanente, mas devemos garantir plenamente a segurança dos grandes eventos", afirmou o primeiro-ministro da França, Manuel Valls, à emissora "France Info". De acordo com o premier, o pedido será apresentado pelo ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, nesta quarta-feira (20) ao Conselho dos Ministros.   


Na teoria, após a primeira prorrogação da medida em fevereiro, o "estado de emergência" deveria terminar no dia 26 de maio.   


Porém, a Euro 2016 ocorrerá entre os dias 10 de junho e 10 de julho e a Volta da França será realizado entre os dias 2 e 24 de julho - e ambas já foram alvos de ameaças dos terroristas.   


O governo francês já anunciou medidas extras de segurança nas nove cidades-sede do evento futebolístico, com a contratação de 10 mil agentes particulares de segurança e mais verba para reforçar o controle e monitoramento das duas competições.   


Na semana passada, uma gravação reproduzida pela emissora francesa "BFM TV" mostrou que os terroristas do grupo Estado Islâmico (EI, ex-Isis) planejavam um novo ataque em Paris para "cancelar a Eurocopa". Porém, com a prisão de Salah Abdeslam, um dos membros da célula jihadistas na Bélgica, eles mudaram o foco e decidiram atacar a capital belga, Bruxelas, no dia 22 de março. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos