Terreno confiscado da Camorra vira horta na Itália

Em Nápoles

  • Reprodução/Ansa

    Terreno confiscado da Camorra vira horta na Itália

    Terreno confiscado da Camorra vira horta na Itália

De um terreno confiscado da máfia Camorra nasceu o "Pizzino Vesuviano", o tomate do tipo cereja 100% orgânico que resgata a excelência e a tradição do agronegócio de Nápoles.   

A ideia surgiu da Radio Siani, cuja sede se encontra na capital da Campânia e que há anos promove projetos de conscientização sobre a legalidade e a luta contra o crime organizado. A empresa limpou a terra confiscada de um ex-líder da Camorra, Giovanni Birra, e cuidou para que esta se tornasse fértil e proporcionasse o nascimento de algo saudável que resgatasse o espírito de orgulho e dignidade dos napolitanos. O terreno fica em Ercolano, nos arredores de Nápoles e aos pés do vulcão Vesúvio.   

"A terra foi recuperada não para negócios ilegais, mas sim para dar luz a uma ideia de redenção social que tem suas origens nas tradições agrícolas do nosso território. Este projeto assume um significado ainda mais profundo, uma mensagem de mudança, porque mesmo onde havia algo tão podre, pode frutificar algo saudável", diz a Radio Sani. (ANSA)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos