Trump e Hillary vencem primárias de Nova York

NOVA YORK, 20 ABR (ANSA) - O republicano Donald Trump e a democrata Hillary Clinton venceram as primárias realizadas no estado de Nova York, como já era esperado.   

O magnata consolidou sua preferência entre os republicanos, conquistando 89 delegados nas prévias em seu estado natal. Azarão nas primárias republicanas, o governador de Ohio, John Kasich, ficou em segundo levando 3 delegados. Ted Cruz, que está sem segundo lugar na corrida eleitoral, não obteve nenhum representante nesta etapa das prévias.   

"Foi uma noite incrível. Faremos os Estados Unidos mais fortes e maiores do que nunca. Obrigada Nova York", agradeceu Trump. Até o momento, Trump tem 845 delegados, Cruz 559, Marco Rubio, 171, e Kasich, 147.   

Para concorrer à Casa Branca, o pré-candidato republicano precisa ter 1.237 votos e é cada vez mais forte a hipótese de que nenhum deles alcance esse número, o que faria com que a convenção republicana fosse aberta, ou seja, com os delegados escolhendo na hora quem será seu postulante nas eleições presidenciais. A ex-secretária de Estado, por sua vez, obteve 57,9% dos votos, levando 169 delegados. Seu rival, o senador por Vermont Bernie Sanders, obteve 42,1%, ou seja, 104 delegados.   

Com o resultado, Hillary dispara na frente, com 1.893 delegados e Sanders fica com 1.180. Para conquistar a nomeação, são precisos 2.383 representantes. Em seu discurso de vitória, ela criticou Trump e Cruz, que "pressionam" o país para se tornar um lugar "dividido e perigoso". "Ao invés de construir muros, precisamos derrubar barreiras", concluiu. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos