Boxeador italiano rapta criança para cobrar dívida de drogas

ROMA, 22 ABR (ANSA) - O boxeador italiano Mirco Ricci, 25 anos, foi preso nesta sexta-feira (22) em Roma por sequestro sob extorsão, informou a polícia da capital italiana. O atleta é acusado de ter raptado um menino de nove anos porque a mãe dele devia cerca de 5,1 mil euros - emprestados para a compra de drogas.   

De acordo com as informações da Procuradoria, na quinta-feira (21), a mãe do menino denunciou o sequestro à polícia e contou que temia pela vida dele caso não conseguisse pagar o montante devido. A partir de então, uma equipe de investigadores começou a procurar pela criança na capital italiana.   

Depois de três batidas pela cidade, o menino foi encontrado na casa de uma amiga do pugilista, Sonia Cataldi, que foi presa na hora, ao lado de Ricci. Além dos dois, também foram detidas a irmã do boxeador, Francesca, 30 anos, e a mãe de Ricci, Palma Condemi. Todos terão que responder ao crime de sequestro de pessoa sob extorsão agravada pela idade do sequestrado.   

Ricci, conhecido como "The Predator", é ex-campeão intercontinental da Associação Mundial de Boxe (WBA na sigla em inglês) e detentor do título italiano na categoria peso-pesado.   

Ele foi notícia na Itália no mês de março quando, ao perder uma luta para o ucraniano Serhiy Demchenko, partiu para cima do árbitro e iniciou uma confusão generalizada no estádio em Roma.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos