Em evento pela Terra, Papa pede para 'transformar desertos'

CIDADE DO VATICANO, 24 ABR (ANSA) - O papa Francisco participou, de maneira inesperada, do evento "Aldeia da Terra", em Villa Borghese (Roma), e elogiou a trabalho das organizações ambientais para proteger e defender o meio-ambiente.   

"Ouvindo vocês falarem, apareceram para mim duas imagens: o deserto e a floresta. E eu pensei: esta gente, todos vocês, vão ao deserto para transformá-lo em floresta. Vão ao deserto onde não há esperança e fazem coisas que tornam esse deserto em floresta. A floresta está cheia de árvores, é cheia de verde, mas muito desordenada. Mas, assim é a vida. E transformar o deserto em floresta é um belo trabalho que vocês fazem", disse em seu discurso.   

A visita do Papa não havia sido anunciada antecipadamente no evento que iniciou no dia 22 de abril e segue até amanhã (25). O Pontífice havia sido convidado pelas entidades a participar do evento por causa de sua constante defesa da "criação divina", que foi transformada na encíclica pelo meio-ambiente Laudato Sí ("Louvado Seja").   

O "Aldeia da Terra", que tem como tema "A nossa cidade, a nossa Terra", é promovido em alusão ao Dia da Terra, celebrado na última sexta-feira (22), pelos grupos EarthDayItalia, Movimento dos Focolares, Connect4Climate e pela prefeitura de Roma - além de contar com o apoio do Ministério do Meio-Ambiente da Itália.   

Assim como escreveu em sua encíclica, o sucessor de Bento XV ressaltou também a importância da melhoria da comunicação entre as pessoas para que isso se reflita na vida em sociedade.   

"Vos-dou uma tarefa para fazer em casa. Peguem um dia e olhem para o rosto das pessoas enquanto vocês andam pelas estradas.   

Todos estarão preocupados, fechados em si mesmo. Falta o sorriso, falta ternura, falta amizade social. Onde não há amizade social, sempre haverá ódio e guerra", disse Jorge Mario Bergoglio.   

Voltando a citar que a humanidade vive uma "terceira guerra mundial em pedaços", o argentino pediu mais compaixão entre as pessoas para que elas possam se perdoar e resolver os conflitos - dos mais simples aos mais complexos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos