Consumo de vinho na Alemanha é maior que na Itália,diz lista

ROMA, 25 ABR (ANSA) - A Itália não faz mais parte do pódio dos países que mais consumem vinho do mundo, ficando atrás dos Estados Unidos e da França, como já de costume, mas agora também da Alemanha.   


Essa notícia faz parte de um relatório produzido pela Confederação Nacional dos Cultivadores Diretos (Coldiretti) com base nos dados da Organização Mundial do Vinho e das Vinícolas (OIV).   


Segundas as informações apresentadas, relativas a 2015, pela primeira vez a Itália conseguiu ser ultrapassada pela Alemanha, com um consumo de aproximadamente 2 bilhões de litros.   


Já em primeiro lugar ficou os Estados Unidos, com um consumo de 3 bilhões de litros, e a segunda posição ficou com a França, com um consumo de 2,7 bilhões de litros.   


Sobre o assunto, a Coldiretti afirmou que "o resultado [indica] que a quantidade de vinho 'Made in Italy' consumido na Itália é menor que a de fora do território nacional". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos