Cardeal cubano que mediou desgelo com EUA se aposenta

CIDADE DO VATICANO, 26 ABR (ANSA) - O arcebispo de Havana, cardeal Jaime Ortega y Alamino, que mediou junto ao Vaticano o desgelo entre Cuba e os Estados Unidos, irá se aposentar. Ortega cumprirá em breve 80 anos, tendo superado há muito tempo o limite estipulado de 75 anos para que os bispos deixem o cargo. Muito próximo do papa Francisco, ele ajudou na mediação da retomada das relações entre os Estados Unidos e Cuba, após, por anos, ter mediado os diálogos entre Havana e a Igreja Católica. O cardeal, que foi preso durante os anos 1960 pelo regime de Fidel Castro, recebeu três Papas em Cuba, João Paulo II, Bento XVI e Francisco.   

O Papa escolheu o monsenhor Juan García Rodríguez para substituí-lo no cargo. Nascido em Camaguey, em Cuba, em 1948, ele atua como sacerdote desde 1972 e em 2002 foi escolhido como arcebispo de sua cidade natal. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos