Expectativa de vida dos italianos cai pela primeira vez

ROMA, 26 ABR (ANSA) - A expectativa de vida dos italianos, conhecidos por sua longevidade, caiu pela primeira vez desde que o índice começou a ser registrado pelo Observatório sobre a Saúde Regional, em 2003, apontou um relatório divulgado nesta terça-feira, dia 26.   

Segundo a organização, em 2015, a expectativa de vida foi de 84,7 anos para as mulheres e 80,1 para os homens. No ano anterior, no entanto, era esperado que as mulheres vivessem 85 anos e os homens 80,3.   

Para Walter Ricciardi, diretor da organização que apurou o documento, o fato está ligado à redução das medidas de prevenção.   

"A queda foi generalizada em todas as regiões. Normalmente, se isso acontece uma vez a cada quatro anos, é motivo de alarme.   

Mas precisamos ver se isso se repete em 2016, para verificar se existe uma tendência", acrescentou.   

Além disso, Ricciardi também criticou as despesas do governo no setor da Saúde, que segundo ele são poucas. No ano passado, por exemplo, o Canadá gastou mais de 100% a mais por cidadão do que a Itália e a Alemanha, 68%. No Brasil, segundo dados oficiais, a expectativa de vida para as mulheres é de 78,8 anos e para os homens 71,6 anos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos