A 100 dias dos Jogos, ONG denuncia violência policial no Rio

SÃO PAULO, 27 ABR (ANSA) - A exatos 100 dias do início das Olimpíadas do Rio de Janeiro, a ONG Anistia Internacional publicou um relatório denunciando a violência policial nas favelas da capital fluminense.   


Segundo a entidade, apenas desde o início de abril, pelo menos 11 pessoas foram mortas pelas forças de segurança nas comunidades cariocas. No ano passado inteiro, foram ao menos 307 casos. "O que expõe grave quadro de violência policial: um em cada cinco homicídios cometidos na cidade foram praticados por policiais em serviço. As autoridades têm falhado não só em investigar e levar estes crimes à justiça, mas também ao optar por reforçar a repressão a protestos pacíficos", diz a Anistia.   


De acordo com a ONG, a maior parte dos assassinatos cometidos pela polícia não foi investigada e o poder público trata manifestantes como "inimigos". "Ainda há tempo nos próximos 100 dias para que as autoridades e o comitê organizador dos Jogos Olímpicos assegurem que nenhuma operação policial viole direitos humanos", acrescenta.   


O texto ainda aponta que as vítimas da violência policial no Rio são majoritariamente jovens, negros e moradores de favelas e periferias. Segundo a Anistia Internacional, em 2014, quando o Brasil sediou a Copa do Mundo, as forças de segurança na cidade mataram 580 pessoas, 40% a mais do que no ano anterior. Em 2015, o número subiu para 645.   


"Não é possível relacionar diretamente o aumento dos homicídios cometidos por policiais com os preparativos para os Jogos Olímpicos. No entanto, as estatísticas revelam um claro padrão de uso desnecessário e excessivo da força, violência e impunidade, que coloca em xeque as instituições responsáveis pela segurança pública", afirma a ONG. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos