Governo italiano aprova 1 bilhão de euros para cultura

ROMA, 01 MAI (ANSA) - O Comitê Interministerial para a Programação Econômica (Cipe) da Itália, órgão presidido pelo primeiro-ministro Matteo Renzi, aprovou neste domingo (1º) a destinação de 1 bilhão de euros para reforçar a oferta cultural no país.   

Os recursos sairão do Fundo para o Desenvolvimento e a Coesão (FSC) e serão entregues ao Ministério dos Bens Culturais. Seu objetivo é financiar um plano para potencializar o aproveitamento turístico na nação da bota.   

Estão previstas iniciativas para valorizar o patrimônio cultural italiano, tanto material quanto imaterial, principalmente a sua rede de museus. Alguns dos principais beneficiados pelo projeto serão intervenções já em curso, como as restaurações nos sítios arqueológicos de Pompeia e Ercolano e do palácio histórico Reggia di Caserta e a readequação das Gallerie degli Uffizi, em Florença.   

"É a maior operação de restauração e valorização dos bens culturais da história da República", escreveu no Twitter o ministro dos Bens Culturais e do Turismo da Itália, Dario Franceschini. Nesta segunda-feira (2), haverá uma coletiva de imprensa em Roma para apresentar todos os detalhes do plano.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos