Por acidentes, Red Bull 'rebaixa' Kvyat para Toro Rosso

ROMA, 05 MAI (ANSA) - O piloto russo Daniil Kvyat foi punido pela Red Bull pelos acidentes que teve durante o Grande Prêmio da Rússia de Fórmula 1 e foi "rebaixado" para a equipe Toro Rosso nesta quinta-feira (05). Para seu lugar, foi promovido o novato Max Verstappen, que já estará na "nova" equipe a partir do GP da Espanha, em uma troca que confirmou os rumores da imprensa internacional.   


Em um breve comunicado, o chefe da equipe principal, Christian Horner, afirmou que a Red Bull e a Toro Rosso estão em uma "posição única" em que contam com "quatro pilotos sob contratos de longo prazo". "Por isso, temos a flexibilidade necessária para movê-los entre as duas equipes", ressaltou. Sobre Kvyat, Horner foi bem sucinto e destacou que "Dany vai conseguir continuar seu desenvolvimento na Toro Rosso, em uma equipe em que ele está familiarizado, dando-lhe a chance de recuperar sua forma e mostrar seu potencial". A equipe com sede em Faenza, na Itália, foi a porta de entrada para o russo na F1.   


Já sobre Verstappen, o chefão britânico foi só elogios. "Max provou ser um jovem talento excepcional. Seu desempenho na Toro Rosso tem sido impressionante até agora e temos o prazer de lhe dar a chance de guiar para a Red Bull", disse o dirigente.   


O russo vem de duas provas marcadas por acidentes com o tetracampeão pela equipe taurina, Sebastian Vettel, agora na Ferrari. No GP da China, o alemão acusou Kvyat de atrapalhar sua corrida e causar a colisão com Kimi Raikkonen. No último domingo (01), no entanto, a situação foi mais séria com duas batidas na traseira da Ferrari de Vettel que, além de causar o abandono do tetracampeão, atrapalhou a corrida de Daniel Ricciardo, da Red Bull, que se envolveu no acidente.   


Ainda durante a corrida, as emissoras de TV flagraram Vettel indo falar com Horner, de quem é amigo, sobre o acidente. Após a disputa, Kvyat pediu desculpas pelo ocorrido e disse que não bateu "por querer" no alemão. Porém, tanto Horner como o diretor e consultor da equipe, Helmut Marko, criticaram a postura do russo publicamente.   


A postura da Red Bull rendeu críticas de Jenson Button (McLaren). "Sério? Uma corrida ruim e Kvyat é mandado embora. E sobre o pódio na corrida anterior? #Memóriacurta", postou o campeão mundial de 2009 em sua conta no Twitter. A referência de Button é sobre o 3º lugar conquistado pelo russo na China. Button ainda continuou debatendo com os internautas sobre a situação e disse que Verstappen é talentoso "mas ainda tem o tempo a seu favor. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos