Presidente italiano pede mobilização para combater pedofilia

ROMA, 05 MAI (ANSA) - No Dia Nacional contra a Pornografia Infantil e a Pedofilia na Itália, o presidente do país, Sergio Mattarella, pediu uma mobilização da sociedade contra a "indiferença" sobre o assunto. "A luta contra a pedofilia passa também por uma correta educação, que consiga ensinar a cultura do respeito pelo outro.   

Para isso, é preciso mobilizar todos aqueles que estão em contato com o mundo dos jovens - as escolas, as atividades educativas, a imprensa, as redes sociais - a fim de que elas contribuam com esta causa e rejeitem qualquer forma de indiferença nos casos de abusos de menores", escreveu o mandatário em uma mensagem.   

Segundo Mattarella, é um "dever" cuidar da infância e da adolescência contra a exploração sexual. "É um dever que ninguém pode fugir. As crianças são o centro e o futuro de cada sociedade", afirmou. "Há menores demais sendo vítimas de abusos. A exploração sexual de crianças e adolescentes, o turismo sexual, a pornografia, o aliciamento, também online, constituem-se degradações de nossa sociedade", falou ainda o presidente, que classificou como uma "praga" os casos de abusos que ocorrem nos "locais feitos para acolher as crianças, como as escolas".   

Segundo dados divulgados nesta quinta-feira (05) pelo grupo "Telefono Azzurro", que trata de denúncias sobre crimes contra crianças, em 2015, houve 4.724 solicitações de ajuda feitas por crianças e adolescentes por telefone, das quais 241 foram referentes a situações de emergência por abusos sexuais. O número é apontado como uma tendência de crescimento quando comparado a 2013, especialmente, na questão online: foram 114 pedidos ligados à pornografia infantil na internet (8,8%) - o dobro de dois anos atrás (4,4%). Ainda de acordo com o relatório, a maior parte das denúncias foi sobre abusos sexuais cometidos por pessoas conhecidas, sendo mais da metade por familiares. Para chefe de Estado italiano, é "inaceitável" que esse tipo de situação ocorra e é "intolerável trair a confiança" dos mais novos com crimes do tipo. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos