Fábrica russa suspende produção de sorvete 'Pequeno Obama'

MOSCOU, 11 MAI (ANSA) - Acusada de racismo e de antiamericanismo, a empresa russa Slavitsa decidiu interromper a produção de um sorvete de chocolate que tinha sido batizado de "Obamka", que no idioma local significa "pequeno Obama", em referência ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. A empresa, localizada na cidade de Naberezhnye Chelny, defendeu-se dizendo que se tratava de um "produto para crianças e distante de assuntos políticos", mas não resistiu às críticas e interrompeu a produção. A embalagem do sorvete de chocolate ao leite, de coloração marrom, tinha o desenho de uma criança negra, descalça e sorridente. Rússia e Estados Unidos, apesar de manterem relações diplomáticas, nutrem posições contrárias em diversos temas políticos e militares desde a Guerra Fria. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos