Por 55 a 22 votos, Senado aprova afastamento de Dilma

SÃO PAULO, 12 MAI (ANSA) - O Senado Federal aprovou nesta quinta-feira (12), por 55 votos a 22, o afastamento de 180 dias da presidente Dilma Rousseff, dando prosseguimento ao processo de impeachment instaurado por crime de responsabilidade fiscal. A sessão demorou mais de 22 horas e ocorreu durante toda a madrugada. Dilma deverá ser notificada nas próximas horas a deixar seu cargo, que será assumido pelo vice Michel Temer (PMDB). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos