Roma terá primeira estação de metrô 'arqueológica'

ROMA, 16 MAI (ANSA) - Durante as obras da estação de metrô Amba Aradam, em Roma, foram achadas ruínas de um quartel militar romano do século 2 d.C. de aproximadamente 1.753 metros quadrados. A descoberta deve fazer do local a primeira estação arqueológica do serviço de transporte público da capital italiana, misturando história e modernidade.   

Nesta segunda-feira (16), o superintendente do Patrimônio Arqueológico da cidade, Francesco Prosperetti, apresentou à imprensa algumas imagens da área encontrada durante a construção da linha C do metrô e as principais ideias para a utilização do espaço.   

Segundo Prosperetti, não será necessário formular um novo percurso para o ramal, já que o plano seria integrar o sítio arqueológico à estação. "Hoje temos a oportunidade de torná-los agradáveis para os romanos através de um novo projeto para a estação, destacando seu afrescos e mosaicos", afirmou.   

O superintendente também disse que as obras não irão parar e que a entrega da estação continua prevista para 2021. "É claro que o desenho da estação sofrerá alterações, mas o plano é redesenhar os aspectos funcionais e de arquitetura em relação à descoberta". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos