Ricos e pobres têm o mesmo destino, diz Papa

CIDADE DO VATICANO, 18 MAI (ANSA) - Pela segunda vez na mesma semana, o papa Francisco abordou o tema da pobreza e lamentou nesta quarta-feira (18), durante sua audiência geral, que as riquezas e os recursos do mundo estejam concentrados nas "mãos de poucos".   

Na última segunda (16), o Pontífice já havia pedido para bispos e padres se livrarem de "luxos e bens desnecessários", em benefício de uma Igreja Católica "pobre e para os pobres". Desta vez, seu discurso se dirigiu aos ricos em geral.   

"Ignorar o pobre é desprezar Deus, isso devemos aprender bem", declarou Jorge Bergoglio. "Jesus disse: os pobres morrem, os ricos morrem. Todos têm o mesmo destino, todos nós morreremos", acrescentou.   

Além disso, o Papa destacou que os mais endinheirados serão cobrados pela sua compaixão, e não pelas suas posses. "Nenhum mensageiro e nenhuma mensagem poderão substituir os pobres que encontramos no nosso caminho. Jesus e o próprio Deus vêm ao nosso encontro por meio dos pobres", afirmou. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos