Enviado do Vaticano cancela visita à Venezuela

CARACAS, 19 MAI (ANSA) - A visita do secretário para as Relações com os Estados do Vaticano, Paul Gallagher, à Venezuela foi cancelada em meio ao aumento das tensões no país entre forças governamentais e opositores.   

A Nunciatura Apostólica em Caracas anunciou, em comunicado, que "por motivos que não dependem da Santa Sé", a viagem foi cancelada.   

Apesar de a visita, programada para o próximo dia 24, ter motivações oficiais apostólicas, acredita-se que também teria objetivos conciliatórios. O líder opositor Henrique Capriles declarou recentemente esperar que Gallagher pudesse mediar o diálogo com o governo de Caracas.   

Papa - No final do mês passado, o papa Francisco enviou uma carta ao presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, comentando a grave crise política, energética e econômica pela qual passa o país. A informação é do porta-voz da Santa Sé, padre Federico Lombardi, citado pelo site italiano "Il Sismografo". "O Papa segue com muita atenção os acontecimentos [na Venezuela]", disse o religioso. Protestos - Protestos e panelaços foram registrados na capital, Caracas, ontem contra o governo, a falta de alimentos e remédios. Manifestações em todo o país pela celeridade do referendo revocatório impulsionado pela oposição na intenção de tirar Maduro do governo registraram episódios violentos em ao menos cinco cidades. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos