Franceses e egípcios eram maioria em voo MS804

PARIS, 19 MAI (ANSA) - O voo MS804 da Egyptair, que sumiu dos radares nesta quinta-feira (19), levava 56 passeiros e 10 funcionários da companhia aérea, a maioria de nacionalidade egípcia e francesa. Das pessoas a bordo, 30 eram egípcios, 15 tinham passaporte francês e dois eram iraquianos. Também estavam a bordo um iraquiano, um britânico, um belga, um kuwaitiano, um saudita, um sudanês, um chadiano, um português, um argelino e um canadense. Um dos passageiros era Ahmed Helal, de nacionalidade egípcia, diretor da Procter & Gamble que atua em Amiens, no norte da França. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos