Áustria deslocará 80 policiais para Brennero

BOLZANO, 21 MAI (ANSA) - O governo da Áustria deslocará na próxima terça-feira (24) 80 policiais para Brennero, na fronteira com a Itália, para fazer frente ao crescente fluxo de imigrantes na região.   

A notícia chegou pouco mais de uma semana depois de Viena ter interrompido a construção de uma barreira na cidade fronteiriça, tranquilizada pelas garantias de maior controle dadas por Roma.   

No entanto, nos últimos dias a quantidade de solicitantes de refúgio em Brennero aumentou.   

Ainda assim, o ministro austríaco do Interior, Wolfgang Sobotka, assegurou que os policiais farão apenas os controles e checagens previstos pelo Tratado de Schengen, área de livre circulação dentro da Europa da qual os dois países fazem parte.   

"Os italianos prometeram várias vezes ativar controles rígidos nos trens e na zona de fronteira. Mas são cada vez mais frequentes grupos de solicitantes de refúgio que alcançam Gries am Brenner [a primeira cidade austríaca depois da divisa] a pé", criticou o governador do estado do Tirol, Günther Platter.   

A polêmica em Brennero se dá porque Viena teme um crescimento da entrada de imigrantes ilegais no território italiano com a chegada do verão europeu. Geralmente, essas pessoas não querem ficar na Itália e tentam ir a países como a própria Áustria e a Alemanha para pedir refúgio. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos