Eleição na Áustria será definida pelo correio

BOLZANO, 22 MAI (ANSA) - Com 100% das seções apuradas, o candidato do Partido Verde no segundo turno das eleições presidenciais na Áustria, Alexander van der Bellen, aparece com uma ligeira vantagem sobre o postulante de extrema-direita, Norbert Hofer, do radical Partido da Liberdade (FPÖ).   

Van der Bellen está com 51,93% dos votos, contra 48,07% do rival, mas ainda precisam ser escrutinadas as cerca de 800 mil cédulas que foram enviadas pelo correio. Sendo assim, o resultado final só deve ser divulgado nesta segunda-feira (23).   

No primeiro turno, em abril, Hofer havia obtido 36% dos votos, contra 20% do candidato "verde". Uma pesquisa de boca de urna divulgada às 17h (12h em Brasília) deste domingo (22) mostrava uma disputa bastante apertada no segundo turno: 50,2% a 49,8% para o extremista.   

Hofer baseou toda a sua campanha em um duro discurso contra a imigração, no momento em que a Áustria briga publicamente com a Itália sobre os controles na fronteira entre os dois países em Brennero.   

Na próxima terça-feira (24), Viena enviará 80 policiais para bloquearem as travessias a pé de imigrantes ilegais na região.   

Antes disso, chegou a iniciar a construção de uma barreira na cidade, mas mudou de ideia após ter recebido garantias de maior controle por parte de Roma.   

A polêmica em Brennero se dá porque a Áustria teme um crescimento da entrada de solicitantes de refúgio no território italiano com a chegada do verão europeu. As eleições presidenciais mobilizaram bastante o país, que registrou uma participação de 70% dos seus 6,4 milhões de eleitores no segundo turno. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos