Italiano perde corrente e fica para trás no Giro d'Italia

ROMA, 22 MAI (ANSA) - Um problema na corrente da bicicleta tirou do italiano Vincenzo Nibali qualquer chance de vitória na 15ª etapa do Giro d'Italia, que percorreu 10,8 km entre Castelrotto e Alpe di Siusi, na região de Trentino-Alto Ádige, norte do país.   


Como ficou sem a corrente, Nibali foi obrigado a trocar de bicicleta, o que o fez perder muito tempo. Além disso, teve de se livrar de alguns fãs excessivamente calorosos que tentavam se aproximar. No fim, ele acabou fechando a etapa em 24º lugar.   


O vencedor foi o russo Alexander Foliforov, seguido pelo holandês Steven Kruijswijk, que manteve a camisa rosa, endossada pelo líder da classificação geral. Ele tem 2m12s de vantagem sobre o colombiano Esteban Chaves e 2m51 sobre Nibali.   


O ciclista da casa venceu o Giro d'Italia em 2013 e agora tenta o bicampeonato. "Foi um dia negativo, às vezes acontece em uma disputa de três semanas. As pernas não iam, e não encontrei o ritmo adequado. A queda da corrente fez o resto", declarou o italiano.   


O único brasileiro na prova é Murilo Antonio Fischer, que está em 160º lugar na classificação geral. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos