Manifestação em Bruxelas termina com confrontos e feridos

BRUXELAS, 24 MAI (ANSA) - Dezenas de manifestantes e policiais entraram em confronto nesta terça-feira (24), em Bruxelas, na Bélgica, durante um protesto contra medidas de austeridade fiscal. Os agentes usaram gás lacrimogêneo e canhões de água contra as pessoas que estavam reunidas próximas à estação Gare du Midi. Ao menos 10 ficaram feridas. O clima era de tensão, com os manifestantes lançando pedras e objetos contra os policiais, que receberam apoio de um helicóptero militar que sobrevoou a região. Não foi divulgado ainda um balanço de manifestantes que foram presos. Por medida de segurança, a polícia belga fechou temporariamente as estações de metrô Porte de Hal e Lemonnier, além do túnel que dá acesso aos locais e ao boulevard du Midi. De acordo com a polícia local, 37,5 mil pessoas participaram dos protestos de hoje em Bruxelas. Já os sindicatos falam em adesão de 50 a 60 mil pessoas. Os protestos foram convocados por líderes sindicais e tentam fazer o governo voltar atrás em medidas de austeridade fiscal e em mudanças na legislação trabalhista, como ampliação da jornada de trabalho para 45 horas semanais, prevista na chamada lei Peeters. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos