Papa dedica missa no Vaticano a cristãos chineses

CIDADE DO VATICANO, 24 MAI (ANSA) - Em pleno processo de reaproximação entre a Igreja Católica e a China, o papa Francisco dedicou a missa celebrada nesta terça-feira (24) na Casa Santa Marta aos cristãos do país asiático.   

A homenagem foi feita no mesmo dia em que os chineses celebram a festa de Nossa Senhora de Sheshan, venerada no santuário homônimo, situado em Pequim. Todos os anos, milhares de pessoas de todas as partes do país se dirigem ao templo para honrar a santa.   

No último domingo (22), durante o Angelus, o Pontífice já havia se dirigido aos muitos católicos chineses que estavam na praça São Pedro. Atualmente, o Vaticano tenta normalizar as relações diplomáticas com a China, interrompidas em 1951 por causa do reconhecimento da Santa Sé à independência de Taiwan.   

Além disso, o próprio Francisco já manifestou seu desejo de visitar o gigante asiático. Segundo a Rádio Vaticana, na missa desta terça-feira, o Papa disse que é preciso "esperar com coragem um passo à frente por dia". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos