Taxista de origem brasileira é preso por matar idoso em Roma

ROMA, 24 MAI (ANSA) - Um taxista de 33 anos e origem brasileira foi preso na Itália sob a acusação de ter assassinado a garrafadas o dono de uma enoteca de Roma na madrugada desta terça-feira (24).   

O incidente ocorreu na rua Premuda, a cerca de 1 km do Vaticano, e a vítima, um senhor de 76 anos, chegou a ser socorrida com ferimentos na cabeça e no pescoço, mas não resistiu e faleceu no hospital.   

Ainda não se sabe os motivos do crime, mas o brasileiro, identificado como Joelson Bernasconi, foi detido logo depois do ataque, em seu táxi e em estado de embriaguez.   

No entanto, a polícia investiga duas hipóteses: um desentendimento anterior entre os dois ou a recusa do dono da enoteca em servir mais bebida para o taxista. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos