Diplomata venezuelano falta a entrega de credencial a Temer

SÃO PAULO, 25 MAI (ANSA) - Com Caracas contra o governo interino de Michel Temer, o embaixador venezuelano no Brasil, Alberto Castellar, não compareceu ao evento onde deveria entregar suas credenciais ao mandatário brasileiro nesta quarta-feira, dia 25.   

Segundo a Presidência da República, ele alegou problemas de saúde para justificar a falta.   

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, chamou Castellar para consultas em Caracas quando Dilma Rousseff foi afastada da Presidência pelo Senado, em 12 de maio.   

Além de Caracas, outros governos da região, aliados à petista, também manifestaram repúdio ao processo de impeachment em curso, como Cuba, Bolívia, Equador e Chile. Em resposta, em sua primeira ação à frente do Itamaraty, o novo chanceler José Serra emitiu notas criticando a postura dos países e da União das Nações Sul-Americanas (Unasul). Credenciais - Temer recebeu hoje no Palácio do Planalto, os representantes diplomáticos de Croácia, República Democrática do Congo, Iraque, Paquistão, Namíbia e Grécia. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos