A 5 dias das eleições, Keiko Fujimori enfrenta protestos

SÃO PAULO, 01 JUN (ANSA) - A cinco dias das eleições presidenciais no Peru, a candidata que lidera as pesquisas, Keiko Fujimori, enfrentou mais um protesto que reuniu milhares de pessoas em Lima, a capital do país.   

Divididos em três grupos, eles protestavam contra as proprostas da candidata e, principalmente, pelas atitudes de seu pai à frente do país entre 1990 e 2000. O ex-ditador Alberto Fujimori está preso desde 2009 por crimes contra a humanidade e por corrupção no governo.   

O grupo "KeikonoVa" ("Keiko não vai") lembrou ainda das milhares de mulheres que passaram por uma esterilização forçada pela ditadura Fujimori e a violência dos crimes políticos.   

Essa não é a primeira vez que Keiko enfrenta grandes protestos.   

Um dos maiores ocorreu no dia 5 de abril, data que lembra o golpe de Estado dado por Alberto no país, e pouco antes do primeiro turno das eleições.   

Porém, mesmo com as manifestações, a última pesquisa de intenção de voto mostrou que a filha do ditador continua à frente. De acordo com o Instituto Ipsos, ela tem quase 53% das intenções dos eleitores peruanos para o segundo turno contra 46% de seu oponente, o ex-ministro da Economia Pedro Pablo Kuczynski.   

Para tentar reverter o quadro, o concorrente está recebendo apoios considerados improváveis antes do primeiro turno. Os partidos de esquerda e centro-esquerda orientaram seus correligionários a votarem em Kuczynski, mesmo ele sendo considerado de direita.   

Sete dos 19 partidos peruanos já anunciaram apoio à eleição do ex-ministro - mesmo afirmando que serão oposição ao novo governo "desde o primeiro dia" - para evitar a volta do fujimorismo ao Peru. Já Keiko conta com o apoio de apenas uma sigla, a Peru Nación, para o segundo turno.   

Desde 2000, não era vista uma união entre as diferentes vertentes políticas. Naquela época, uma marcha contra a reeleição de Alberto à Presidência uniu rivais. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos