Presidente alemão anuncia que não concorrerá em eleições

BERLIM, 06 JUN (ANSA) - O presidente da Alemanha, Joachim Gauck, 76 anos, anunciou nesta segunda-feira (06) que não irá concorrer às eleições do próximo ano. O mandatário, que é muito popular no país, é um dos poucos políticos que consegue obter consenso tanto da direita como da esquerda alemã.   

"Hoje quero lhes dizer que decidi não concorrer novamente ao cargo de presidente da Alemanha. Essa não foi uma decisão fácil.   

Não desejo me comprometer com outro período de cinco anos, com níveis de energia e vitalidade que não posso garantir", disse o mandatário. Caso vencesse, ele teria 82 anos ao fim do mandato.   

A notícia não é muito agradável para a chanceler Angela Merkel, que planeja concorrer ao quarto mandato consecutivo como líder política no país em 2017.   

Isso porque, pela postura de Gauck, o apoio de parlamentares "dissidentes" seria mais fácil. O atual líder já teria votos suficientes no Parlamento para ser eleito. Na Alemanha, os poderes presidenciais são limitados e oferecem, sobretudo, uma garantia moral às decisões da chanceler. Entre os prováveis candidatos à sucessão de Gauck estão o atual ministro das Finanças, Wolfgang Schäuble, e o ministro das Relações Exteriores, Frank Walter Steinmeier. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos