Reduto da máfia italiana elege 1º prefeito em 10 anos

PLATÌ, 6 JUN (ANSA) - Considerada um reduto da máfia italiana, a cidade de Platì, na região da Calábria, conseguiu eleger democraticamente seu primeiro prefeito após 10 anos de administração comissariada. O novo prefeito é Rosario Sergi, que conquistou 1.275 votos, o que corresponde a 63,4% dos escrutínios das eleições municipais realizadas ontem (5) na Itália.   

Sergi, cuja candidatura foi apresentada de maneira independente como Lista Cívica, venceu a candidata Ilaria Mittiga, filha do ex-prefeito Francesco Mittiga, cujo mandato foi dissolvido em 2003 por influência da máfia. O político chegou a ser preso, mas posteriormente foi absolvido e tentou se reeleger em 2014, sem sucesso. Em 2015, a cidade não conseguiu realizar eleições porque nenhuma lista de candidatos foi apresentada. A Comissão Parlamentar Antimáfia agora mantém sob vigilância o município, que registrou anomalias durante as campanhas eleitorais, inclusive com Rosario Sergi. Uma outra candidata, Annarita Leonardi, apoiada pelo primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, chegou a desistir da corrida eleitoral. Membro do governista Partido Democrático (PD), Leonardi justificou a decisão dizendo que "não havia condições políticas". A cidade de Platì fica na província de Reggio Calabria e tem cerca de 3,8 mil habitantes. Historicamente, os moradores preferem não votar nas eleições com medo do grupo mafioso 'Ndrangheta. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos