Kuczynski e Keiko Fujimori disputam voto a voto no Peru

LIMA, 7 JUN (ANSA) - Com 96,67% das urnas apuradas, o ex-ministro da Economia peruano Pedro Pablo Kuczynski (PPK) está apenas alguns milhares de votos a frente da filha do ex-ditador Alberto Fujimori, Keiko, na corrida eleitoral, apontam dados oficiais.   

PPK tem 50,1% dos votos e Keiko 49,84% o que representa uma diferença de cerca de 50 mil votos.   

O diretor do Escritório Nacional de Processos Eleitorais (Onpe, na sigla em espanhol), Mariano Cucho, pediu que a população espere com calma pela conclusão do escrutínio e a divulgação dos resultados oficiais. Ele estima que isso pode acontecer entre quinta e sexta-feira.   

"Ainda não vencemos. É preciso esperar os resultados oficiais", disse Kuczynski, reiterando o pedido de calma a seus eleitores.   

"Tomemos estes resultados preliminares com otimismo, mas com modéstia", concluiu.   

Keiko, por sua vez, admitiu que se trata "de uma votação apertada, sem dúvida". "Vamos esperar com prudência porque durante toda a noite chegarão os votos do exterior e do interior do país. Por isto estamos otimistas", disse na última madrugada.   

Ainda precisa ser contabilizados a maioria dos votos realizados no exterior, especialmente nos Estados Unidos, onde Keiko tem boa recepção, o que pode garantir uma virada nos resultados.   

A candidata, que perdeu para o atual presidente Ollanta Humala no último pleito, é muito polêmica. Além de ser filha do ex-ditador, condenado por corrupção e crimes de violações aos direitos humanos, conduziu uma campanha eleitoral agressiva, conquistando o apoio de grupos conservadores ao se declarar contrária ao aborto e ao casamento gay. Eleições - O país realizou neste domingo, dia 5, o segundo turno das eleições presidenciais. Apesar do clima pacífico na maior parte dos locais de votação, foram registrados protestos em algumas partes do país. Um casal em Surco chegou a ser preso por comparecer à urna com uma camiseta contra Keiko. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos