Estrelas do pop estimulam obesidade infantil, diz estudo

NOVA YORK, 8 JUN (ANSA) - As estrelas do pop são responsáveis pelo aumento da obesidade entre os adolescentes, apontou um estudo do Departamento de Medicina da Universidade de Nova York (NYU), nos EUA.   


Segundo o relatório, a maioria dos comerciais em que grandes estrelas aparecem estão relacionados a lanches gordurosos e industrializados. Calcula-se que 80% das celebridades têm promovido produtos calóricos como batatas fritas, chocolate, refrigerantes ou restaurantes de fast food.   


O problema é que, ao atrelar sua imagem a algum produto, os artistas acabam influenciando no consumo dos jovens.   


A cantora Kate Perry, por exemplo, emprestou seu rosto para a Pepsi e para uma marca de batatas fritas. Já o ator e cantor Justin Timberlake protagonizou comerciais do McDonald's. Ambos são considerados exemplos por muitos jovens.   


"As celebridades deveriam usar sua influência para promover mais alimentos saudáveis'', ressaltaram os pesquisadores. "É irreal esperar que os adolescentes comam apenas alimentos saudáveis ou que as estrelas façam propagandas unicamente para esses produtos, no entanto, o ideal seria um equilíbrio nos comerciais", concluiu o relatório. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos