Papa Francisco visitará Auschwitz e Birkenau durante a JMJ

CIDADE DO VATICANO, 9 JUN (ANSA) - O papa Francisco irá visitar os campos de concentração de Auschwitz e Birkenau durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontece entre os dias 27 e 31 de julho na Polônia, informou o Vaticano nesta quinta-feira, dia 9.   

No ano passado, quando a libertação dos campos de concentração de Auschwitz e o fim do Holocausto completaram 70 anos, o Papa comentou que o local "grita a dor de um sofrimento enorme e invoca um futuro de respeito, paz e encontro entre os povos".   

Calcula-se que ao menos 1,5 milhões das pessoas que foram enviadas ao local, em sua maioria judeus, foram mortas. Apenas alguns milhares sobreviveram.   

Atualmente, o local é considerado o maior símbolo da luta contra o nazismo. Para preservar a memória, os campos de concentração viraram museus.   

Seus antecessores João Paulo II, polonês, e Bento XVI, alemão, também visitaram o local durante seus pontificados.   

Jorge Mario Bergoglio ainda visitará o santuário mariano em Czestochowa, em ocasião dos 1.050 anos do batismo da Polônia, e se encontrará com crianças doentes no Hospital Pediátrico de Prokocim.   

A JMJ acontece na cidade natal de João Paulo II, Cracóvia, como Francisco anunciou durante sua visita ao Brasil em 2013.   

Confira a agenda oficial: Na 15ª viagem oficial de Francisco, ele parte do aeroporto de Fiumicino, em Roma, no final da tarde de 27 de julho, em direção à Cracóvia. Ele será recebido no Palacio de Wawel por autoridades locais. Mais tarde, na catedral da cidade, se reúne com bispos poloneses.   

No dia seguinte, 28 de julho, ele visita Czestochowa, e na parte da tarde, de volta a Cracóvia, participa de uma cerimônia com os jovens.   

No terceiro dia da viagem, 29, ele segue de helicóptero a Oswiecim, onde se encontra Auschwitz. Ele visitará o local e discursará em seguida em Birkenau.   

De volta à Cracóvia, ele visita o hospital pediátrico universitário de Prokocim. Mais tarde ele participa da Via Crucis da JMJ junto a uma multidão de jovens.   

No sábado, dia 30, ele vai ao santuário da Divina Misericórdia, onde cruzará a Porta da Divina Misericórdia e confessará alguns jovens. Às 10h 30 celebra missa com sacerdotes, religiosos e seminaristas poloneses no Santuário de São João Paulo II, em Cracóvia. Ele ainda almoça com jovens na arquidiocese. Mais tarde, o religioso preside a Vigília de Oração com os jovens.   

No último dia da viagem, 31, Francisco celebra pela manhã a Santa Missa pela JMJ no Campus Misericordiae e ao final do ato realiza o Angelus. Mais tarde se encontra com voluntários e o comitê organizador do evento.   

A cerimônia de despedida acontece às 18h30 no Aeroporto Balice-Cracóvia. Ele deve aterrissar em Roma à noite. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos