Papa eleva a festa litúrgica dia em memória a Maria Madalena

CIDADE DO VATICANO, 10 JUN (ANSA) - O papa Francisco determinou que a celebração de Santa Maria Madalena, comemorada em 22 de julho, seja elevada ao grau de "festa litúrgica" no calendário da Igreja Católica.   

A medida foi anunciada nesta sexta-feira (10) pelo secretário da Congregação para o Culto Divino, monsenhor Arthur Roche. O religioso explicou que a mudança se insere no "atual contexto eclesiástico", que demanda uma reflexão mais profunda sobre a "dignidade da mulher".   

"Maria Madalena é a primeira testemunha que viu Cristo ressuscitado e o anunciou aos outros apóstolos. Ela é exemplo e modelo para cada mulher na igreja", disse Roche. No mês passado, o Papa havia dito que criaria uma comissão para a restituição do cargo de diaconisa na Igreja.   

Se isso acontecer, será um passo histórico para a inclusão das mulheres nos principais ritos católicos, hoje restritos aos homens (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos