Homem abre fogo e mata 50 pessoas em boate gay nos EUA

ROMA, 12 JUN (ANSA) - Ao menos 50 pessoas morreram e outras 53 ficaram feridas após um homem abrir fogo contra pessoas que estava na boate gay Pulse, em Orlando, na madrugada deste domingo (12). Segundo as autoridades norte-americanas, o homem foi morto em uma troca de tiros com a polícia. Segundo as autoridades, o atirador é Omar Mateen, 29 anos. Ele nasceu nos Estados Unidos e vem de uma família de afegãos.   

Agora, está sendo investigado a possibilidade dele estar ligado a algum grupo terrorista - apesar de não ter sido encontrada nenhum evidência real dessa ligação.   

No momento, há uma vasta investigação sobre os laços familiares do atirador e de seu comportamento nas redes sociais para tentar identificar as motivações do crime. As primeiras informações relatam que ele portava um rifle e uma outra arma não identificada.   

"Parece que foi muito organizado e muito preparado", disse o chefe da polícia de Orlando, John Mina.   

O FBI está na investigação também e o governo de Barack Obama está a par e ajudando nas análises. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos