Uefa abre procedimento contra Rússia após brigas na Eurocopa

MOSCOU E PARIS, 12 JUN (ANSA) - A Uefa, entidade que gerencia o futebol europeu, anunciou neste domingo (12) que abriu um procedimento contra Federação Russa de Futebol por causa dos confrontos causados pelos torcedores na cidade de Marselha neste sábado (11).   


O caso será discutido pela comissão disciplinar da entidade na próxima terça-feira (14) e uma possível punição será divulgada no mesmo dia. O ministro russo dos Esportes, Vitaly Mutko, condenou a postura dos torcedores.   


Em entrevista à agência de notícias local, Tass, Mutko disse que "um grupo de pessoas foram lá não para assistir uma partida de futebol, isso é certo" e que o comportamento deles "é uma vergonha para o país". Ao ser questionado sobre uma possível condenação contra a Rússia, o titular da pasta se mostrou conformado e disse que "os russos abalaram a ordem pública".   


Apesar de só ter aberto uma investigação contra a Rússia, a Uefa alertou que se o comportamento dos torcedores ingleses também se repetir, ambas as seleções poderão ser excluídas da atual edição da Eurocopa.   


Os hooligans dos dois países estão causando destruição em Marselha desde a sexta-feira (09). Ontem, os incidentes foram mais graves, com seis torcedores feridos levados ao hospital e dezenas de lojas destruídas. Porém, a punição da Uefa está levando em conta apenas a confusão dentro do estádio após a partida entre Inglaterra e Rússia. Um grupo de torcedores atacou os ingleses assim que o árbitro encerrou a partida. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos