Presidente da Itália lamenta massacre em boate gay nos EUA

ROMA E BRUXELAS, 13 JUN (ANSA) - O presidente da Itália, Sergio Mattarella, lamentou o massacre ocorrido em uma boate gay nos Estados Unidos em uma mensagem enviada ao seu homólogo norte-americano, Barack Obama.   

"Tomei conhecimento com dor e consternação sobre o covarde ataque perpetrado em Orlando. A brutalidade deste enésimo gesto de violência insensata - que causou numerosas vítimas inocentes - atinge profundamente a todos nós", escreveu o mandatário.   

De acordo com Mattarella, a Itália está próxima aos familiares das vítimas e aos feridos e "exprime sua solidariedade a toda a nação norte-americana". "Neste momento de grande sofrimento, junto ao Senhor, envio as minhas condolências pessoais e de todos os italianos". Quem também se manifestou sobre os ataques foi a alta representante da União Europeia para a Segurança e a Política Externa, a italiana Federica Mogherini. "Essa é uma tragédia, não só para os norte-americanos, mas para o mundo inteiro assim como os massacres por causa da fé e da religião, da orientação sexual e do credo em muitos países", disse a italiana. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos