Uefa multa Rússia e ameaça excluir seleção da Eurocopa

ROMA, 14 JUN (ANSA) - O comitê disciplinar da Uefa multou a Federação Russa de Futebol em 150 mil euros por "distúrbio, uso de fogos de artifício e comportamento racista" dos torcedores após a partida entre a equipe e a Inglaterra no estádio Vélodrome, no último sábado (11). O órgão aplicou ainda uma "suspensão de desqualificação" à seleção, ou seja, em caso de novos distúrbios, a Rússia será imediatamente excluída da Eurocopa.   


"A desqualificação da seleção russa está suspensa até o fim do torneio. Mas tal suspensão será revogada se episódios iguais ou de natureza similar aos ocorridos no interior do estádio se repetirem em uma das partidas restantes da Rússia na Euro 2016", escreveu em nota o comitê nesta terça-feira (14).   


Os torcedores russos se envolveram em uma série de brigas na cidade de Marselha, onde ocorria o jogo, nos dois dias que antecederam a partida bem como no sábado. Por causa disso, além da questão esportiva, o primeiro-ministro francês, Manuel Valls, anunciou a deportação de 50 torcedores por culpa da "guerra" urbana.   


Apesar de punir os russos, o comitê não aplicou nenhuma pena à Inglaterra - que teve seus hooligans envolvidos em episódios similares, porém fora do Vélodrome. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos