Vingança gera massacre de família no México

SÃO PAULO, 14 JUN (ANSA) - O massacre de 11 pessoas da mesma família na semana passada no México foi motivado pela vingança de um estupro ocorrido há nove anos, informou a Procuradoria-Geral do estado de Puebla, tentando reconstruir um crime que chocou o país. Na noite da última sexta-feira (10), homens encapuzados invadiram a casa da família Sanchez Hernandez, em Coxcatlán, e atiraram contra todos. Cinco mulheres, quatro homens e duas meninas morreram. Duas outras crianças, de 4 e 5 anos de idade, estão em estado grave.   

Após várias especulações de que a chacina teria motivações religiosas (desavenças entre católicos e evangélicos da cidade), as autoridades mexicanas chegaram à conclusão de que um estupro ocorrido há nove anos é a causa da matança familiar. Um dos homens que participou da chacina foi preso por estuprar uma das mulheres vítimas do massacre, a qual chegou a ter um filho da relação não consensual. Após cumprir sua pena pelo estupro, o homem resolveu se vingar. O atual parceiro da mulher violentada foi o que mais recebeu tiros, além de apresentar vários ferimentos de facadas. O enterro dos 11 familiares ocorreu ontem (13) e reuniu centenas de pessoas em Coxcatlán. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos