Após novos confrontos, 36 torcedores são presos na França

LILLE E ROMA, 16 JUN (ANSA) - As brigas e confusões entre torcedores rivais não param na França. Nesta quinta-feira (16), após mais uma madrugada de confrontos, 36 hooligans ingleses, russos e franceses foram detidos e outros 16 ficaram feridos em brigas na cidade de Lille. O confronto só foi encerrado após a polícia arremessar bombas de gás lacrimogêneo contra os baderneiros.   


Desde o início da Eurocopa, na sexta-feira (10), 323 pessoas foram detidas, 11 foram condenadas e outras 24 foram expulsas do território francês, informou o Ministério do Interior.   


Hoje, a prefeitura de Bouches-du-Rhone, que inclui a cidade de Marselha, onde os confrontos ficaram mais localizados no primeiro final de semana, anunciou que identificou e que expulsará 24 homens que se envolveram em confrontos na cidade.   


Todos têm entre 25 e 40 anos e foram reconhecidos pelas imagens das câmeras de segurança. Eles deverão deixar a França até a próxima segunda-feira (20).   


Em nota à ANSA, a Uefa informou que "lamenta os incidentes verificados na noite de ontem em Lille", mas ressalta que "a polícia restabeleceu a normalidade rapidamente, efetuando muitas prisões e mantendo a situação sob controle".   


Por causa dos confrontos, a Uefa ameaçou eliminar a Rússia e a Inglaterra da competição. Porém, de fato, a entidade aplicou apenas uma multa de 150 mil euros para a Federação Russa por uma briga dentro do estádio Vélodrome - não pelos confrontos externos. Para a Inglaterra, a Uefa só fez ameaças. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos