Primeiro robô doméstico é criado na Itália

ROMA, 24 JUN (ANSA) - Com olhos vívidos e atentos, nascem na Itália os primeiros robôs domésticos criados pela Escola Superior Sant'Anna. As duas máquinas têm a capacidade de realizar tarefas comuns do dia a dia, como abrir portas, carregar bandejas e compras e até mesmo entregar correspondências.   

Os protótipos foram apresentados nesta sexta-feira (24) em Pisa e já são considerados um marco no universo tecnológico.   

"Durante os últimos dois anos desenvolvemos um modelo que pudesse ser produzido em larga escala industrial", disse o pesquisador e cofundador da empresa Co-Robotics, Filippo Cavallo. As duas máquinas custaram 8,7 milhões de euros, no total, e foram feitas de materiais econômicos e comuns como plástico e sucata, o que facilita a produção em larga escala e as torna mais acessíveis.   

Os robôs, que ainda não foram batizados, têm estrutura modificável, além de falarem, obedecerem a comandos de voz e possuírem um botão que permite ajudar pessoas idosas ou com dificuldades de mobilidade. Durante os testes, os robôs foram utilizados em asilos e hospitais, onde apresentaram resultados positivos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos